Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 18 de agosto de 2018  


16/05/2018
Cegueira moral - Mário Sérgio de Melo

Em seu instigante livro Ensaio sobre a cegueira, o premiado escritor português José Saramago (ganhou entre outros o Nobel de Literatura e o Prêmio Camões, máxima distinção literária da língua portuguesa) faz um provocante ensaio sobre como seria o comportamento humano caso nos víssemos livres das leis e convenções que nos governam e limitam nossos instintos. A partir de uma inexplicável epidemia de cegueira, os personagens do livro passam a uma selvagem disputa, primeiro por alimento, depois pelo poder e depois por sexo.

A cegueira visual, no caso do livro, liberta os demônios precariamente contidos pelas regras sociais quando estas colapsam. Mas não é necessária a ficção de um livro para nos mostrar do que somos capazes se nos virmos livres de regras. Basta ver o que acontece durante uma guerra ou qualquer outro conflito armado disseminado.

Existem outros tipos de cegueira: a religiosa, a política, a intelectual, a de sensibilidade... Mas talvez a mais insidiosa seja a cegueira moral, que impede de ver a diferença entre o certo e o errado, entre o que é socialmente aceitável e construtivo, e o que é prejudicial e destrutivo. Moral requer sensibilidade, empatia, solidariedade. Contrários a ela são a truculência, o individualismo ganancioso, a agressiva competitividade, a desfaçatez...

E como anda o mundo atual em relação a essas qualidades? De que forma têm agido os países que têm poderio militar e econômico? E as grandes corporações transnacionais? E as maiorias, étnicas, religiosas, ideológicas, como têm se comportado em relação às minorias? Qual papel têm exercido os grandes líderes mundiais, e mesmo os homens públicos em geral, até mesmo aqueles das pequenas cidades, muitas vezes eleitos pela população? Não são títeres a serviço de mesquinhos interesses corporativos que se confundem com ambições pessoais?

Parece que a civilização está sofrendo de uma cegueira real, não é a ficção da literatura de Saramago. Mas não é cegueira da visão, é cegueira moral, cegueira dos sentidos do que existe de humano entre nós. E, assim cegos, somos preza fácil de manipulações. Gostos de consumo, opiniões, comportamentos, ideologias são-nos imputados sem que nos apercebamos que acreditamos ser nosso o que nos é estranho. E passamos a consumir, a rejeitar, a odiar ou idolatrar aquilo que nos é subliminarmente induzido. Somos como cães das experiências de Pavlov treinados para ter os reflexos condicionados.

Não nos guiamos mais pela moral, noção muito íntima. Somos guiados pela grande mídia, pelo consenso construído, pelo nefasto exemplo dos homens públicos, eles mesmos já desmoralizados muito antes que nós.

Se pretendemos ver a humanidade prosperar e não sucumbir, agora que adquiriu o poder de autodestruir-se e de destruir o planeta, urge que recuperemos a visão moral.




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



15/08/2018 - Bijou, quelônios e censura - Hélio Schwarstman - Paulistanos com mais de 50 anos hão de recordar-se...
15/08/2018 - Barulho histérico - Rubens Shirassu Júnior* - Os moradores de várias cidades do Brasil estão estressados,...
14/08/2018 - Macaco Simão...Urgente - Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!Pensamento...
14/08/2018 - Nascem estrelas no fim do andar - Rubens Shirassu Júnior - Numa das mais belas e tocantes metáforas do ato...
13/08/2018 - Uma fornalha chamada Terra - Clóvis Rossi - Os ponteiros do relógio da catedral de Utrecht, na...
13/08/2018 - Ainda o debate - Celso Rocha de Barros - O debate entre os presidenciáveis da última quinta-feira (9) na TV...
11/08/2018 - A coruja de Ipanema - Ruy Castro - Há um mês que a vemos, todas as manhãs,...
11/08/2018 - Macaco Simão...Urgente - De tanto botox, o Alvaro Dias ficou a cara...
09/08/2018 - Macaco Simão...Urgente - Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República!É...
09/08/2018 - O previsível golpe da fraude eleitoral - Jorge Serrão - Lei existe para ser cumprida... Lei que precisa de...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca