Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 24 de março de 2019  


23/10/2018
Chama Eterna da Democracia

Um símbolo da liberdade e da democracia pós-ditadura militar voltou a integrar a paisagem da Praça dos Três Poderes, em Brasília. Após dois anos apagada, a Chama Eterna da Democracia, na Pira do Panteão da Pátria, foi reacesa na noite dessa segunda-feira (22/10).

Inaugurada em 1986, a pira foi interditada em agosto de 2016 devido a um vazamento de gás. A reforma do sistema de armazenamento de gás, que passou a ser subterrâneo, custou R$ 149,7 mil.

A intervenção inclui, ainda, a troca tubulação para transporte de gás liquefeito de petróleo (GLP), a substituição de pedras quebradas e a limpeza do revestimento da base.

Para ser implementado, o projeto da reforma precisou ser aprovado pelos órgãos distrital e federal de preservação, pela Secretaria de Cultura do Distrito Federal e pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

De acordo com a Secretaria de Cultura, esta é a primeira vez que a pira passa por um procedimento completo de reforma, desde a inauguração do Panteão da Pátria.

"Os reparos vão se traduzir em mais segurança e eficiência ao sistema de acendimento da chama, preservando a estética original do monumento tombado como símbolo da liberdade e da democracia brasileira", informou, por meio de nota, a secretaria.


     

     



« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



22/03/2019 - Cultura liquida das aparências - Ruben Shirassu Júnior* - Alguns acontecimentos da segunda metade do século XX, como...
21/03/2019 - Preso ex-presidente Michel Temer - A Força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro...
15/03/2019 - Cadastro Único - Quase metade dos moradores do Distrito Federal que recebem...
25/02/2019 - Universidade de Brasilia Campo Sonoro - A Diretoria de Organizações Comunitárias, Cultura e Arte (Docca/DAC)...
23/02/2019 - Integrantes da Operação Dracon da CLDF agora são réus... - CB PODER - A 7ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal...
22/02/2019 - Os fantasmas que podem derrubar Bolsonaro - Juan Arias, El País - Começam a se perguntar no exterior quem manda no...
16/02/2019 - O Rosa encarnado - Álvaro Costa e Silva - Em 1966, durante um congresso do PEN Club em...
08/02/2019 - A guerra dos canudos - O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sindhobar-DF)...
07/02/2019 - Drummariana, temos que aprender com o sofrimento - : Muito oportuna a publicação do poema Drummariana.. O...
07/02/2019 - Drummariana e os criminosos travestidos de empresários - Pois é Tarcísio, é a voz do poeta ecoando...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca