Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 17 de novembro de 2018  


14/05/2018
"Foro Privilegiado" - Por Jacob Fortes

Jacob Fortes de Carvalho, de Sobradinho

Que o Brasil é fecundo em desigualdades sociais isso todos sabemos. As centenas de favelas e palafitas — que adornam as cidades para que pareçam mais formosas — atestam essa realidade. Neste País, onde tantos têm tão pouco e poucos têm tanto, a desigualdade começa na Constituição Brasileira: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza {.}”! Grifei a exclamação.  Se todos fossem iguais perante a lei não existiria o foro especial por prerrogativa de funçãoo popular “foro privilegiado” destinado a aveludar as malfeitorias dos portadores de nomeadas, dos famanazes, dos mandarins, dos argentários, dos etiquetados com dignidade real, dos nobres de preeminência. Essa regalia, que enche os brasileiros de indignação, é a prova cabal de que fidalgos merecem ser tratados com maciez, o populacho não.

Quando o Brasil terá leis iguais para todos? Quando surgirão medidas que venham pôr rasoura nessas desigualdades; que reavivam a face da monarquia em detrimento da democracia republicana? Retidão dispensa privilégios.




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  

COMENTÁRIOS
Enviado por: marcos aurelio barbosa - E-mail: morello.mam@gmail.com

Quando houver uma revolução de verdade. Liderada pelo povo ou em favor dele.



10/11/2018 - Caminhar, o livro, o poeta - José Ahyton da Silva -   Tarcísio Pádua é esta personagem que além de...
06/11/2018 - A pergunta que não quer calar - Carlos SA - “Não tenho medo da morte, mas medo de morrer...
02/11/2018 - Achados e perdidos - Por Jacob Fortes - Procura-se uma escola que desapareceu numa aldeia chamada BRASIL;...
30/10/2018 - "Eu me basto - Por Jacob Fortes - Na literatura de administração há um singular “estudo de...
26/10/2018 - Sinceridade Lastimável - Por Jacob Fortes - A franqueza em linha reta é mais proveitosa que...
17/10/2018 - À Comunidade - Prof. José Ahyrton da Silva -    Olá caríssimos professores da nossa querida Sobradinho, quero...
09/10/2018 - Cansei! - Por Jacob Fortes - Enquanto os cientistas políticos se detêm e se enfadam...
01/10/2018 - Eu quero papai - Por Jacob Fortes - “Pelo voto a gente escolhe, de maneira definitiva e...
15/09/2018 - O silêncio da Flauta - Por Jacob Fortes - Quando uma vida demite-se da terra para subir a...
13/09/2018 - Advogado de defesa de religiosos manda promotor calar a boca - A segunda audiência dos réus acusados de desviar mais...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca