Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 26 de março de 2019  


11/03/2019
Perdendo o sono - Hélio Schwartsman

Nos últimos anos, caí numa rotina de dormir entre cinco e seis horas por noite. Achava que estava bem adaptado a esse regime, até ler "Por Que Nós Dormimos", do neurocientista Matthew Walker (Universidade da Califórnia, Berkeley). Ele me deu um susto.

A tese principal de Walker é simples. Todos os animais até hoje estudados dormem. Até mamíferos aquáticos, que não conseguiriam respirar se parassem de nadar, desenvolveram um modo de dormir com metade do cérebro de cada vez e assim manter-se em movimento. Daí dá para concluir que o sono tem um papel evolucionário nada desprezível.  

Walker põe-se então a destrinchar as diferentes fases do sono e suas múltiplas funções. O sono REM (sigla inglesa para "movimento rápido dos olhos", aquele em que sonhamos) é importante para trabalharmos nossas emoções negativas, aprimorarmos habilidades sociais e para a criatividade e solução de problemas. Já o sono NREM (mais profundo, sem sonhos) é crucial na consolidação das memórias e de habilidades motoras, sem mencionar a regulação de processos fisiológicos.

Walker é também um militante. Ele está convencido de que a modernidade nos lançou numa epidemia de falta de sono com consequências tão graves como a de obesidade ou de tabagismo. Munido de um estoque quase inesgotável de estudos, ele liga o sono subótimo a problemas cardíacos, câncer, diabetes, obesidade, demência e até aos mais inocentes resfriados. No plano psicológico, relaciona dormir pouco a piora do desempenho cognitivo, irritabilidade, cansaço e, por decorrência, a boa parte dos acidentes automobilísticos.

Para Walker, as pessoas que acham que podem dormir pouco estão tão enganadas que nem sequer conseguem perceber os prejuízos que já sofrem com o sono insuficiente. Segundo o autor, a quase totalidade dos seres humanos precisa dormir oito horas por dia —e, de preferência, fazer também uma "siesta"

Hélio Schwartsman




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



26/03/2019 - Temer troca improvisada cela pelos braços da bela Marcela - Jorge Serrão - A interpretação libertária da nossa Constituição não permite deixar...
26/03/2019 - Doentes Saudáveis - Drauzio Varellla - Quanto mais velho fico, menos medicamentos prescrevo. Xaropes, vitaminas,...
19/03/2019 - Macaco Simão...Urgente - Os Trumpalhões - Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O Esculhambador Geral da...
19/03/2019 - Bocólsonaro? - Carlos Maurício Mantiqueira - Não fôramos macaco velho, estaríamos hoje apopléticos, aparvalhados, perplexos...
18/03/2019 - O mundo no bolso - Ruy Castro - Um sujeito chamado Jerry Merryman morreu no dia 27...
16/03/2019 - Ditadura Togada? - Jorge Serrão - Alguns problemas inviabilizam o Brasil. O Modelo Estatal Capimunista...
15/03/2019 - A Educação pela bala - Vladimir Safatle - Como se não bastasse a tragédia, na sequência há...
15/03/2019 - Cama - Fernando Torres - Lisboa. O taxista que me levou até o aeroporto era...
14/03/2019 - Macaco Simão...Urgente - Buemba! Buemba! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Piada Pronta:...
11/03/2019 - Diga não a repetição e a mediocridade - Carlos SA - “Ninguém conseguiu jamais descrever o Absoluto pelas palavras da...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca