Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 20 de junho de 2018  


11/06/2018
Quase irresistíveis - Ruy Castro

Vi outro dia, num jornal, o anúncio de uma simpática vitrolinha, daquelas antigas, mas com utilidades nunca sonhadas por estas. Continha CD player, toca-discos 33 e 45 r.p.m., rádio FM, amplificador, alto-falantes, conexão Bluetooth para acoplar o celular sem necessidade de fios e conexão USB para gravar vinis em MP3 no pendrive. Só faltava falar. Mas não adiantava procurá-la na praça —só podia ser comprada numa loja virtual.

Dias depois, outro anúncio irresistível, o do “smartphone para idosos”, com números e teclas gigantes, iluminadas e falantes, para prevenir possíveis deficiências visuais, auditivas e táteis do macróbio, além de uma bateria “de longa duração”, capaz talvez de sobreviver ao próprio macróbio. E, a exemplo dos anúncios que se seguiram, só estava à venda na tal loja virtual. Desde então, não perco mais os anúncios da dita loja.

Há o da “fritadeira elétrica”, que permite “assar um frango inteiro, sem óleo e sem bagunça” e preparar “churrascos, empanados, bolinhos, pastéis, lasanhas e vegetais”, mantendo “seus azulejos sem respingo de óleo e a casa sem cheiro de gordura”. Também fascinante é o da “pulverizadora de tinta portátil”, com a qual pode-se dar “adeus aos sprays e rolos de tinta” e pintar “grandes áreas, cantos difíceis e locais altos”. Com algum ajuste, talvez sirva também para pintar as unhas.

Gostei de saber da “escova rotativa 4 em 1”, que “seca, escova, alisa e modela” todo tipo de cabelo. Pena já não me restar cabelo suficiente para me beneficiar dela. E fiquei intrigado pela oferta do “ObaBronze”, um bronzeador em spray que funciona “pela combinação de substâncias da pele, sem necessidade de exposição solar”. Bem, aqui no Rio, sol é o que mais temos.

Posso passar sem tudo isto. Mas há um artigo essencial que procuro e eles ainda não anunciaram: um que ajude a descascar aquele infernal plástico que envolve os CDs. Encaminhado por Carlos SA.




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



19/06/2018 - A Copa do Mundo já não é a mesma - Juca Kfoury - Nunca cobri in loco uma Copa do Mundo dos chamados tempos...
18/06/2018 - Matou Stálin e foi ao cinema - Mario Sérgio Conti - "A Morte de Stalin" é insólito. Baseado numa história em...
15/06/2018 - Sem inteligência, Brasil não muda... - Jorge Serrão - O Brasil tem prazo de validade. Quem não encarar...
15/06/2018 - Cartas sobre a mesa - Vladimir Safatle - Cada dia que passa, fica mais evidente qual é...
15/06/2018 - Em Dublin no "Bloomsday" - Ruy Castro - Meio por acaso (o motivo da viagem era outro),...
12/06/2018 - À mercê de meliantes - Cláudio Abramo - Uma peculiaridade do grau de despolitização brasileiro é a...
12/06/2018 - Entre o divã e o hospício - Sérgio Rodrigues - O Brasil vai à Copa do Mundo da Rússia como quem se deita...
11/06/2018 - TSE permitirá a brincadeira de Lula? - Jorge Serrão - Disputando com a eleição fraudável com o beneplácito do...
11/06/2018 - Nascem estrelas no fim do andar - Rubens Shirassu Júnior* - Numa das mais belas e tocantes metáforas do ato...
06/06/2018 - 2084: o ano que tudo deu certo - Reinaldo Figueiredo - Waldyrsson e seu filho estavam saindo da monumental Sala...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca