Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca

O que você espera de 2017?

 
ver todos os resultados
 
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 19 de agosto de 2017  


16/07/2009
As pichações em Sobradinho e o desrespeito à Lei (Alaíde Soares)

Filipe eu também fico indignada com tanta bandidagem, você anda em outros estados como GO você não vê essas pichações, em Planaltina DF a cidade é limpa. Por que só em Sobradinho esses bandidos continuam desrespeitando a Lei ou Sobradinho não tem Lei para pichadores. Onde está as autoridades que não faz vale o Artigo 163 do Código Penal, e a POLÍCIA onde está? Alaide Soares.


« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  

COMENTÁRIOS
Enviado por: ataide pádua - - E-mail: padua_padua@ig.com.br

Achei muito pertinente o comentário do filipy sobre as pichações em sobradinho e sobradinho ll , cade os nossos policiais? Talvez estejam fazendo campanhas politicas e esquecendo suas obrigações não é ? Andei observando em sobradinho propagandas (Adesivos) em carros com o nome do nosso delegado, será que ele também se vê na condição de um bom candidato? Só achei comico o final do comentário filipy quando vc diz que queria nossa cidade com as cores do arcoiris , cuidado amigo não nos comprometa ... pisa firme...
Enviado por: Toninho de Souza - E-mail: toninhodesouza@gmail.com

O vírus da pichação ataca Sobradinho Como artista, um dos idealizadores do projeto cultural das paradas de ônibus, fico feliz em ler a indignação da comunidade, representada por Felipe e Alaide, quando se colocam em defesa da arte e de se manter nossa cidade limpa, buscando uma solução do Estado, para o "Vírus da Pichação". Basta andar pela cidade no domingo, quando as empresas fecham suas portas, para detectar como está "emporcalhada" a nossa cidade. A cidade está contaminada pelo "Vírus da Pichação". Antigamente o "virus da pichação" respeitava a "arte". Hoje, nem esta ficou de fora. E percebemos que o "pichador" acha que seus garranchos " é obra de arte" e que está fazendo sucesso e está famoso dentro da sua cidade. Pode se constatar este pensamento, lendo seus textos desafiadores nos muros e paradas de ônibus. Puro engano, se o pichador acha que a comunidade gosta do que ele faz. Basta ouvir as matérias jornalísticas nos jornais e televisões da capital, que estão exigindo das autoridades uma solução para esta "virose social". que representa também, um manifesto de revolta deste segmento da sociedade, uma forma de manifestar com a desigualdade social que assola nosso país. Mas, vejo que não é desta forma, sujando a cidade que deve ser expresso essa indignação. A "Arte", de uma forma legal, atraves da produção autorizada, ou colocada em uma exposição pública, pode ser manifestada atraves da expressividade artística qualquer mensagem de denúncia, de manifesto, em que o autor precisa colocar suas idéias e críticas, em que tem o endosso da crítica e do povo que aprecia uma manifestação artística verdadeira, portanto a ídéia de pichar a cidade, é ilegal e na legislação brasileira é considerada crime. Mas, para aqueles que violam a lei, antes que se tome uma medida drástica, tenho as seguintes sugestões, para acabar com os pichadores da cidade: 1- A Secretaria de Segurança Pública deve ter polícia secreta que já mapeou todos os pichadores... 2 - Se já identificaram, basta adotar uma pequena advertencia, dentro dos meios legais, tendo como pena, ressarcir os prejuizos causados ao patrimônio publico ou privado, com a pena do próprio infrator recuperar o estrago com seu próprio trabalho e arcar com o pagamento das tintas no processo de restauração. No caso de obra de artes, ressarcir ao artista para que o profissional da arte possa restaurar a obra danificada. E neste caso, não cumpriria nenhuma pena, principalmente se o mesmo se apresentasse voluntariamente. 2- Não apresentando voluntariamente, além de ressarcir como mencionado acima, ficaria durante três meses, no Projeto Picasso não Pichava recebendo orientação sobre cidadania entre outros cursos de orientação e artes. 3 - Caso não atendensse aos requisitos anteriores, aplicasse o que determina a lei, sobre pichação em prédios públicos e privados. E mesmo, assim, pena de ressarcimento do prejuízo causado aos cofres públicos e ao proprietário do bem privado. 4- Porém, vejo



16/07/2009 - Resposta ao comentário do sr. Kiko locutor (Daniela de Sousa) - Impossível não responder a sua “indignação”. O que causa...
16/07/2009 - Vila Olímpica para Sobradinho com cheiro de oba-oba (Maurílio de Freitas) - Vila Olímpica em Sobradinho Por que construir Vila Olímpica...
15/07/2009 - Reivindicações dos Médicos Residentes do Hospital de Sobradinho - Os programas de residência médica são responsáveis pela formação...
15/07/2009 - As pichações, omissão, espertezas de uns e amor por Sobradinho - Caros amigos sobradinheses, há alguns meses fiquei muito satisfeito...
15/07/2009 - Por que Sobradinho não está contemplada com o Projeto das Vilas-Olímpicas? - Considero estranho e fiquei surpreso, hoje(15/07) ao assistir a...
15/07/2009 - Agradecimentos dos moradores da Quadra 02 (JMAragão) - Orgulhosos estão os moradores dos conjuntos C4 e C8...
13/07/2009 - Pedro Lacerda fala de democracia e responde ao Vianna - Sérgio Vianna, camarada amigo de todas as artes. Acima...
09/07/2009 - Já se está pensando em uma nova seresta do Unidos de Sobradinho - A seresta do Unidos,realizada no dia 23 de maio no...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca