Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 23 de maio de 2019  


11/05/2019
Ângelo Macarius e seu som "setentista e protopunk" no Arte na Praça hoje - JEdmar

José Edmar Gomes, jornalista em Sobradinho

Neste sábado, 11 de maio, será dia de rock na Praça das Artes de Sobradinho, em mais um evento do Projeto Arte na Praça, a partir das 20h30. E não será um rock qualquer, desses que se ouve quando ligamos o rádio e alguém canta algo do tipo: Deus está morto.Praça das Artes Teodoro Freire, antiga Santos Dumont, na Quadra 8.

Pelo contrário. Angelo Macarius procura por Deus, desde o CD O Andarilho - Prêmio Cássia Ellen 2014 - no qual canta para Zaratustra, para Torquato e para o próprio Deus: “Um caminho sem volta/Um tiro no escuro”.

O roqueiro e sua Macarius Fusion, sempre criativos e produtivos, vão apresentar o novíssimo trabalho autoral inserido no EP Cuidado com o andor, de cinco faixas.

Este EP, segundo Angelo, no mínimo, vai “causar”, em função da abordagem das letras e da ferocidade do seu próprio canto, que ecoa como trovão na imensidão sonora, constituída por Samuel Lila (guitarra) Gean Carlos (contrabaixo) e Luciano Bispo (bateria).

A música de trabalho do EP, Anjo de Portugal - concebida a partir de um poema do jornalista José Edmar Gomes - dialoga com a divindade, diante da impotência dos governos em superar as convulsões sociais que abalam o mundo. A letra vocifera: “Nero voltou a governar/Há um estado de pânico/Na Terra de Shangri-lá...”

Angelo Macarius canta para a Divindade e para as pessoas. Seu discurso musical se torna mais instigante quando confessa: “Eu confio pouco em quem não viu Deus”, na faixa Barganha Divina, de sua autoria, que também está no repertório do show, assim como outras novidades.

O músico adianta que o show deste sábado será diferente de tudo que a banda vem apresentando ultimamente e terá um viés espiritualista, de fato, pautado mais nas coisas do Oriente e voltado para a promoção das músicas do novo EP, Cuidado com o andor.

Ele define o som da Macarius Fusion, como “setentista e protopunk”, mas carregado de poesia e espiritualidade.

Vale a pena conferir. Os anjos vão baixar na Praça.    




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



18/05/2019 - Célia Rabelo e Anna Doni vão iluminar a Praça das Artes neste sábado - JEdmar - Duas divas da música brasiliense vão abrilhantar a noite...
14/05/2019 - Todo mundo na bacia - Professor José Leitão - A Organização da Nações Unidas  - ONU - lançou...
11/05/2019 - Mensagem que recebi de minha mãe - Por Pedro Lacerda - Querido filho, Pedro, sei que neste sábado, como você...
10/05/2019 - Ainda temos tempo? - Professor José Leitão - O dia 9 de maio é o dia do...
04/05/2019 - Morre o ator Andrade Junior - O ator Andrade Junior morreu na madrugada deste sábado (4/5), aos...
16/04/2019 - Pedro Lacerda terá seu filme Vidas Vazias e as Horas Mortas exibido no Cine Brasília - Para celebrar os 59 anos da capital federal, o...
13/04/2019 - Uma Praça cheia de serestas e boleros para matar saudades - José Edmar - Uma noite de romantismo, de bom gosto, de saudade...
08/04/2019 - Comunicação acima de tudo ou Deus acima de todos? - Rodrigo Leitão - Outro dia estava a ler nosso famigerado e bem...
26/03/2019 - Abrace o Rio Vermelho/Abrace o Sobradinho - José Leitão - Tombada como Patrimônio Histórico da Humanidade em 2001, a...
18/03/2019 - Judiciário - José Leitão -  A reforma do judiciário é a mãe de todas...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca