Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 18 de agosto de 2018  


09/02/2018
Idiotas que fazem os outros de idiotas - Por Jacob Fortes

Jacob Fortes de Carvalho, de Sobradinho

"Qualquer mulher, seja ela branca ou negra, por superior que seja, será sempre inferior ao pior dos homens". Essa frase, insultuosa, indigna, pertence ao Conde de Gobineau, Joseph Arthur de Gobineau, intelectual francês que esteve no Brasil em 1869 a mando de Napoleão, em missão diplomática. Durante sua permanência, cerca de um ano, mantinha contato exclusivo com D. Pedro II. O sobredito Conde se professava racista e defensor extremo da eugenia como a única maneira de se depurar a raça humana; é o que consta do seu "Ensaio sobre a Desigualdade das Raças Humanas", 1855. Considerou a miscigenação do povo brasileiro algo degradante.

Nem precisava essa frase, ignominiosa, para inscrever esse francês no rol dos preconceituosos.

Mas o que faz lembrar esse intolerante senhor é o pouco caso que os delinquentes da política fazem da inteligência dos brasileiros. Os brasileiros, desde os mais singelos aos doutos, são pessoas portadoras de inteligência acima da média. Porém, os corruptos da política, por via obliqua, tomam-nos por gente parva, atoleimada. Isso fica patente quando negam a autoria das vultosas importâncias roubadas ao País, mesmo diante de provas irrefutáveis que nelas sobejam. Mais revoltante que as negações cínicas (ou pelos santos mais benditos) são as confissões sarcásticas, em tom de afronta. Alguns, com singular desfaçatez, chegam a cuspir insolências ante os agentes da lei. Quando praticam benemerências não é por virtude, (não conhecem sentimento de brasilidade, nem de pertencimento ao povo do Brasil,) mas para obter benefícios pessoais inconfessáveis.

E quando o castigo legal lhes chega ao lombo ficam esporeados, alegam perseguição. De tanto repetir essa estratégia fica parecendo que a gente brasileira é constituída, de duas uma: crianças ou dementes. É a técnica do factoide: repetir a inverdade pela enésima vez para torná-la verdadeira. Essa técnica guarda parentesco com o efeito placebo: aplique uma injeção de água potável num paciente dizendo-lhe, a pleno, que é morfina e logo as dores passarão.

A única saída para os brasileiros seria o incentivo à imigração de "raças" européias, consideradas superiores” (Gabineau). A única saída para os brasileiros consiste em renovar, expurgar da política os saqueadores do dinheiro do contribuinte. Políticos corruptos são como ervas daninhas que precisam ser mondadas do seio da população reta; com sua insaciável gula de esponja levam tudo que lhes convém e possam carregar.

 Não creio que viemos dos macacos, mas creio que vamos nessa direção”, (Gobineau). Não creio que somos idiotas, mas os delinquentes insistem em nos tratar como se fôssemos. A continuar assim, e fiado no princípio factolesco, muitos hão de crer e admitir essa possibilidade. Todavia, fica o lembrete eloquente aos delinquentes: as malfeitorias estão sendo escrituradas e se avizinha o dia do “encontro de contas”; o sufrágio vem aí para dizer quem será reprovado, quais procurações merecem cassação, quais os que, trocando a virtude pela imbrobidade, fizeram fechar hospitais, cair viadutos. O tribunal votivo vai se reunir em outubro de 2018 para dar a conhecer os que irão se enlear no aranhol dos seus próprios feitos.




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



17/08/2018 - Tarcísio no Terceiro Sarau de Poesia Candanga - Tarcísio Pádua foi convidado e aceitou paricipar do Terceiro...
13/08/2018 - Desidratar para hidratar - Por Jacob Fortes - Desgraçadamente a imagem tida como indissociável da figura dos que postulam...
09/08/2018 - A competência merece ser louvada - Por Jacob Fortes - O Instituto Nacional de Previdência Social arrogou a si...
07/08/2018 - Paisagem desbotadas das ruas - Por Jacob Fortes - Quem, por demoradas imersões, se der ao trabalho de...
02/08/2018 - Qual a razão para o filme do Pedro não estar no Festival? - Eurípedes Cardoso - Poxa!!! Que persiguição é essa contra o nosso Pedro...
02/08/2018 - Aplauso ao Pedro Lacerda e repúdio a imundície da politicagem -  Verdade Pedrinho. Neste Brasil desacertado onde se mistura tudo,...
31/07/2018 - Cineasta Pedro Lacerda não teve aceito seu filme em Festival de Sobradinho - Olá sr. aliás, acontecerá em Sobradinho um evento chamado...
27/07/2018 - As boas do Cicim - Cícero Ferreira - VOCÊ É O MAIORNobre eleitor, pense grande pense com...
17/07/2018 - Nasce a Associação de Empresários de Sobradinho - Júnior Nobre* - Ontem, 16 de julho, dia em que se comemora...
11/07/2018 - Desintoxicando-se das emoções venenosas - Carlos SA - Em sua palestra DESINTOXICANDO-SE DAS EMOÇÕES VENENOSAS, o psicólogo...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca