Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 17 de julho de 2018  


25/10/2017
O derretimento das coisa numa perspectiva corrupta - Jacob Fortes

Por Jacob Fortes de Carvalho

Notícias oriundas das regiões mais quentes do Brasil dão conta de que as caixas-d’água de plástico estão derretendo. Se a informação procede é tempo de os fabricantes dessas caixas, (e por igual razão os de sandálias havaianas), amoldarem-se às mutações climáticas; derivarem para materiais compatíveis.  

Nesse intuito (correndo o risco de ser rotulado de passadista, uns vão dizer que remonto aos tempos de matusalém), proponho que o setor fabril dedique-se à ressurreição da sola bovina, hoje entregue ao desprezo, à nostalgia, para que se preste, novamente, ao fabrico de recipientes de água. Para o lugar-tenente das havaianas a sugestão consiste em revivescer o tamanco (o relicário chamató): barato, charmoso, esbraseia, mas não derrete; tem a vantagem de ser musicado por singular toc-toc. As sugestões se coadunam com as pretensões da corrupção: voltar ao atraso dos tempos de matusalém. E por falar nessa maldita prática, confira o alerta do escritor Roberto Abdenur feito por intermédio do seu livro “CORRUPÇÃOEntrave ao Desenvolvimento do Brasil”. A corrupção, quando pujante e irreprimível, é fator dos mais adequados para restaurar o passado em sua melhor verossimilhança. Mas antes que os membros dessa irmandade salteadora (que se refestelam com o dinheiro do contribuinte) proclamem a democratização da pobreza no Brasil; antes que derretam a capacidade de indignação dos brasileiros; antes de terem suas efígies cunhadas nas moedas brasileiras como representação gloriosa das suas biografias piratas, o País, por meio do esforço sinergético de sua gente, há de virar o jogo, sanear esse cancro que vai minando o Brasil. Quiçá, enxotar esses rapinantes, homiziados na política, para bem longe, para colônias distantes, não de férias, mas penais, de preferência para ilhas famosas: Alcatraz, Pianosa, Robben, Ilha do Diabo, etc. 




« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



11/07/2018 - Desintoxicando-se das emoções venenosas - Carlos SA - Em sua palestra DESINTOXICANDO-SE DAS EMOÇÕES VENENOSAS, o psicólogo...
07/07/2018 - E o Beirute virou Sobradinho por uma noite - CORREÇÃO -          Com o lançamento do livro “Caminhar” do poeta...
04/07/2018 - Tarcísio Pádua lança o livro -  É HOJE MOÇADA. Tarcísio Pádua, autor do livro de...
03/07/2018 - Parabéns ao "Caminhar" -  Parabéns meu amigo pelo livro. Precisamos da poesia pra...
03/07/2018 - Tarcísio Pádua lança o livro "Caminhar" . - É AMANHÃ
02/07/2018 - Tarcísio Pádua lança o livro "Caminhar" - Tarcísio Pádua, autor do livro de poemas “Caminhar”, estará...
30/06/2018 - Tarcísio Pádua lança o livro - Tarcísio Pádua, autor do livro de poemas “Caminhar”, estará...
13/06/2018 - Lançamento do CD Amor Caipirano - O músico Carlos Pascoal estará lançando o seu primeiro...
05/06/2018 - E o chefão quadrilheiro continua em cana... - José Monte Aragão -                 Após...
31/05/2018 - As boas do Cicim - Cícero Ferreira - GREVE DOS CAMIONEIROSHoje 31 de maio, 11 dias que se instalou...
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca