Busca:
   Acontece
   Artigos
   Condomínios
   Entrevistas
   Fazendo Arte
   Galeria
   Gente
   Opinião
   Promoções
   Sobradinho
   Sobradinho II
   Úteis
   Vale a pena acessar
   Esporte
   Sobradinho 48
   Planaltina
   Paranoá
   cobertura
Busca

O que você espera de 2017?

 
ver todos os resultados
 
Busca
Receba em seu e-mail as atualizações de nosso blog
Nome
E-mail
cadastrar desativar
 
  Regras do Blog | Perfil do tpadua 23 de junho de 2017  


29/08/2007
Pouca procura para assinatura do termo de opção para a venda direta de condomínios

Poucas pessoas se apresentaram para solicitarem assinatura no termo de opção para a venda direta de condomínios. A presidente da União dos Condomínios Horizontais (Unica), Júnia Bittencourt, acredita que a procura pouco expressiva se deve ao desconhecimento das pessoas aos itens do termo de opção, além da insatisfação relativa ao preço dos lotes e suas formas de pagamento. No entanto, ela sugere aos moradores ir  à Terracap, sim, e assinar o termo de opção. Isso é importante e, se eles não o fizerem, perderão todo o direito de compra, além do direito de discutirem seus direitos na justiça. A opção pela venda direta será um respaldo jurídico para os moradores questionarem na Justiça mais tarde, acredita.

Na avaliação da presidente da Única, um dos motivos para a pouca procura é o medo de assinar um documento em que os moradores não têm conhecimento aprofundado de seu teor. Um outro ponto agravante, no seu entender, seria a declaração feita pelo governador na última semana. “As pessoas se sentiram com seus direitos constitucionais atacados. Elas têm o direito de se defenderem”, disse. Ela se refere às ameaças feitas por Arruda na última sexta-feira, durante visita ao Hospital Regional de Taguatinga . Arruda teria dito “Acho que 99% das pessoas vão comprar os lotes sem nenhum problema. Mas a minoria que for para a Justiça vai quebrar a cara, vai perder tempo e pode até perder a casa”. 

A assessoria de imprensa da Terracap informou que cerca de 50 pessoas foram até à sede da Companhia esclarecer dúvidas referentes à regularização. A maioria dos questionamentos eram referentes ao preço, forma de pagamento e titularidade da terra. Na avaliação da Companhia, o processo corre naturalmente. A diretoria avalia que se trata de um processo crescente. 





« voltar  |  Enviar este conteúdo  |  Imprimir este conteúdo  |  Comentar esse conteúdo  |  



SEM COMENTÁRIOS



12/10/2009 - Moradores estão preocupados com a futura negociação dos lotes com a Terracap - Moradores de condomínios implantados em área de propriedade da...
01/10/2008 - Decreto do GDF autoriza término de construções em condomínios - Os moradores de condomínios em fase de regularização poderão...
21/11/2007 - Terracap anuncia legalização de mais 1.233 lotes em janeiro - A segunda etapa de regularização dos condomínios do Setor...
19/10/2007 - Preço médio dos lotes em condomínios diminui para R$ 79 mil -  O GDF divulgou  a tabela com os preços de...
09/10/2007 - Alto da Boa Vista tem licença ambiental liberada - O condomínio Alto da Boa Vista, em Sobradinho, iniciou...
20/08/2007 - Estendido o prazo de pagamento em lotes de condomínios - O Banco de Brasília deverá financiar em até 120...
10/08/2007 - Arruda e Ministério Público não se entedem quanto aos condomínios - O Ministério Público do Distrito Federal (MPDF), divulgou nota...
25/07/2007 - Arruda insiste que venda dos terrenos em condomínios tenha por base o IPTU - Para o governador José Roberto Arruda não houve descumprimento...
19/07/2007 - Impasse entre MPDF e GDF atrasará regularização - No entender do Ministério Público do Distrito federal (MPDF),...
19/07/2007 - Bravos do cerrado - Condomínios horizontais se expandiram pelo Distrito Federal e devastaram grande parte do cerrado. Os poucos que resistem à especulação imobiliária con
Destaques
Registros Históricos - Carlos I.S. Azambuja
São registros históricos que comprovam a veracidade do que dizemos quase que diariamente. Quem diz o contrário é ignorante, por não ter nascido naquela época e não haver estudado a História verdadeira (com agá maiúsculo), ou por ser mal intencionado mesmo, como...



Pólo de Cinema. O sonho não acabou, ainda - Pedro Lacerda*
Não é a primeira vez que alguém tenta acabar com o sonho do Pólo de Cinema e Vídeo Grande Otelo, localizado em nossa Sobradinho. Desta vez, nos parece que é o próprio governo que está pretendendo dar um fim...



Marcada para segunda-feira,4, Audiência Pública para tratar do Ribeirão Sobradinho
Está marcado para acontecer dia 4 de novembro, uma segunda-feira, Audiência Pública proposta pela Câmara Legislativa do Distrito Federal exclusiva para tratar do Ribeirão Sobradinho. O evento será às 15 horas na Casa do Ribeirão Q. 9 Área Especial, frente para...



Busca